Apple e Mercado Livre trabalham para reprimir produtos falsificados na América Latina

Não é difícil encontrar produtos e acessórios falsificados da Apple para comprar online, especialmente quando se trata de acessórios como AirPods, carregadores e capas de iPhone.

(9to5mac)

Apple e Mercado Livre trabalham para reprimir produtos falsificados na América Latina

 É claro que a Apple não gosta nada disso, e a empresa está tomando novas medidas para reprimir as vendas de produtos falsificados na América Latina junto com o Mercado Livre.

Para quem não conhece, o Mercado Livre (também conhecido como Mercado Livre no Brasil) é um dos marketplaces; online mais populares da América Latina.

Entretanto os vendedores que oferecem produtos pela plataforma têm recebido um e-mail alegando que; a empresa aplicará punições mais severas para quem vender produtos falsificados da Apple.

De fato no e-mail visto pelo 9to5Mac; o Mercado Livre diz que essas medidas serão; tomadas “se a Apple confirmar uma denúncia de produtos falsificados”, o que sugere que as duas empresas estão trabalhando juntas para interromper as vendas desses itens.

Apple e Mercado Livre trabalham para reprimir produtos falsificados na América Latina

Entre as novas medidas, o Mercado Livre retirará todas as listagens de produtos da Apple de um vendedor; se um deles for identificado como falsificado. 

Portanto o vendedor também será; proibido de vender quaisquer outros produtos da Apple através do Mercado Livre no futuro. 

Contudo a empresa pede aos vendedores que revisem suas listagens para evitar restrições em suas contas; assim que as novas medidas entrarem em vigor.

De fato a Bloomberg informou no ano passado que a Apple construiu uma equipe dedicada para derrubar; as vendas de acessórios falsificados no Instagram e no Facebook. 

Na maioria dos casos, esses produtos são; vendidos sob a marca da Apple, mas a preços muito mais baixos; do que os produtos originais. 

No entanto, alguns vendedores enganam os clientes e vendem produtos falsificados como se fossem originais.

Por fim o Mercado Livre disse que as listagens de produtos falsificados da Apple serão; retiradas a partir de 22 de fevereiro.

De fato vale ressaltar que a Apple tem um mercado oficial no Mercado Livre para vender seus produtos originais na América Latina. Não está claro se a Apple tomará ações semelhantes com seus parceiros em outras regiões.